Antes do Homem - Malacofauna Fóssil do Brasil ! ...

22-07-2011 15:22

 

Avulsos Malacológicos - AM - Florianópolis, Brazil

 

ANTES DO HOMEM - MALACOFAUNA FÓSSIL DO BRASIL

 

Uma rápida olhada aos conteúdos da fascinante literatura malacológica indispensável para o conhecimento e estudo aprimorado dos moluscos fósseis, marinhos e continentais, ocorrentes no território brasileiro (Magalhães & Mezzalira 1953; Simone & Mezzalira 1994) revela, entre outros, os seguintes aspectos relevantes:

 

 

1.- Quanto a Bivalves de Água Doce ou Náiades:

Registro da ocorrência fóssil no Brasil de representantes da Ordem UNIONOIDA (Magalhães & Mezzalira 1953: 103-106; Simone & Mezzalira 1994: 75-77) entre os períodos geológicos "Permiano" (290-248 milhões de anos a.C. - Final da Era Paleozóica) e "Holoceno" ou Recente (os últimos 11 mil anos até hoje), merecendo particular destaque os seguintes gêneros:

 

- Diplodon Spix, 1827 (entre os períodos "Jurássico a Cretáceo" da Era Mesozóica = 206-65 milhões de anos a.C), e  

 

- Anodontites Bruguiére, 1972 (entre o "Cretáceo", no final da Era Mesozóica = 142-65 milhões de anos a.C.), e o período "Plioceno", no final da Era Cenozóica ou Neó-Geno = 24-1,8 milhões de anos a.C.).

 

As náiades fósseis da Ordem VENEROIDA contam neste caso apenas com a representação do gênero Sphaerium Scopoli, 1777, do período geológico"Cretáceo", final da Era Mesozóica = 142-65 milhões de anos a.C. (Simone & Mezzalira 1994: 88).

 

2.- Quanto a Gastrópodes Continentais:

Registro da ocorrência fóssil no Brasil de apenas 1 representante do gênero límnico Pomacea (Perry, 1810) - Subclasse PROSOBRANCHIA, sob a sinonímia Ampullaria Lamarck, 1799 (Magalhães & Mezzalira 1953: 173), e de formas límnicas e terrícolas da Subclasse PULMONATA (Magalhães & Mezzalira 1953: 219, 220-225; Simone & Mezzalira 1994: 49-51), entre os períodos geológicos "Cretáceo" (no final da Era Mesozóica = 142-65 milhões de anos a.C.) e "Holoceno" ou Recente (os últimos 11 mil anos até hoje), merecendo particular destaque os seguintes gêneros:

 

- Biomphalaria Preston, 1910 (entre os períodos "Cretáceo" e "Plioceno", no final da Era Cenozóica ou Neó-Geno = 24-1,8 milhões de anos a.C.),  

 

- Megalobulimus Miller, 1878 (entre os períodos "Pleistoceno" (= 1,8 milhões de anos a.C. ) e "Holoceno" ou Recente da Era Cenozóica - Época Quaternária),  

 

- Bulimulus Leach, 1814 (do período geológico "Paleoceno", início da Era Cenozóica ou Paleógeno = 65-24 milhões de anos a.C.), e  

 

- Thaumastus Albers, 1860 (do período "Pleistoceno" da Época Quaternária ?).

 

 Outras informações gerais relativas ao histórico da "Malaco-Paleontologia" no Brasil encontram-se concentradas a seguir:

 

http://noticias-malacologicas-am.webnode.pt/news/new-malaco-paleontological-contribution-available-/

 

 

MOLUSCOS FÓSSEIS NO ESTADO DE SANTA CATARINA/ SC

 

São escassos os registros, e incluem a ocorrência de apenas 1 espécie de Gastrópode e 8 de Bivalves marinhos, para o final do período "Carbonífero" (354-290 milhões de anos a.C.), o transcurso do período "Permiano" = 290-248 milhões de anos a.C. (no final da Era Paleozóica), é o"Triássico", no início da Era Mesozóica = 248-206 milhões de anos a.C. (Magalhães & Mezzalira 1953: 78, 81, 83, 96, 109-110, 124; Simone & Mezzalira 1994: 16, 72, 74, 80-82, 98).

 

Outras informações acerca de registros catarinenses correspondentes ao período "Holoceno" ou Recente (os últimos 11 mil anos até hoje), podem ser obtidos através das informações contidas no início deste mesmo item, assim como nos seguintes links:

http://noticias-malacologicas-am.webnode.pt/news/catalogo-dos-moluscos-continentais-depositados-no-museu-arqueologico-de-sambaqui-de-joinville-masj-sc-/

http://noticias-malacologicas-am.webnode.pt/news/pre-historia-sambaquiana-no-sul-do-brasil-/    

 

Referências:

+ MAGALHÃES, J. & MEZZALIRA, S. 1953. Moluscos Fósseis do Brasil. Rio de Janeiro, RJ: Instituto Nacional do Livro, Dep. Imprensa Nacional, 287 p.

+ SIMONE, L. R. L. de & MEZZALIRA, S. 1994. Fossil Molluscs of Brazil. Boletim do Instituto Geológico, São Paulo, (11): 1-202.

 

 

OUTRA FONTE DE INTERESSE SOBRE O TEMA

 

+ SALVADOR, R.B. & SIMONE, L.R.L. 2010. Histórico dos Estudos sobre a Malacofauna Fóssil da Formação Corumbataí, Bacia do Paraná, Brasil. Revista da Biologia, 5: 19-23. Disponível em: http://www.ib.usp.br/revista/system/files/HIST%C3%93RICO%20DOS%20ESTUDOS%20SOBRE%20A%20MALACOFAUNA%20F%C3%93SSIL%20DA%20FORMA%C3%87%C3%83O%20CORUMBATA%C3%8D%2C%20BACIA%20DO%20PARAN%C3%81%2C%20BRASIL%20Rodrigo%20B.%20Salvador%20e%20Luiz%20R.%20L.%20Simone.pdf

 

 

Novas Publicações Disponíveis ...!