Estudo mostra que Neandertal comia mariscos há 150 mil anos ...!

17-09-2011 02:04

 

 

JORNAL ONLINE "AMBIENTEBRASIL"

jornaldiario@ambientebrasil.com.br

Edição no. 3881

17/09/2011

 

 

ESTUDO MOSTRA QUE NEANDERTAL COMIA MARISCOS HÁ 150 MIL ANOS

http://noticias.ambientebrasil.com.br/clipping/2011/09/17/74618-estudo-mostra-que-neandertal-comia-mariscos-ha-150-mil-anos.html

 

 

Conteúdos:

//////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Assim como o Homo sapiens, o homem de Neandertal comia mariscos há 150 mil anos, segundo um estudo elaborado por cientistas espanhóis a partir da descoberta de restos de conchas em uma caverna no sul da Espanha.

Esta descoberta contradiz a teoria segundo a qual o Homo sapiens comia peixe, o que teria permitido um desenvolvimento cerebral mais rápido e, portanto, sua expansão.

Segundo os cientistas espanhóis que fizeram a pesquisa, a descoberta de conchas durante escavações em uma caverna em Torremolinos (sul do país) é 100.000 anos anterior à última prova que se tinha de que o homem de Neandertal comia mariscos.

As ferramentas de pedra e os restos de conchas encontrados na caverna de Bajondillo foram decisivos nesta descoberta, explicou o estudo, publicado na atual edição online do periódico PLOS One.

Um exame com carbono 14 permitiu determinar que os vestígios têm 150.000 anos, destacou.

Sendo assim, são quase “contemporâneos” da prova mais antiga existente de que o Homo sapiens comia mariscos, que remonta há 164.000 anos e foi encontrada em Pinnacle Point, África do Sul, segundo o estudo espanhol, chefiado por Miguel Cortes Sánchez, cientista da Universidade de Sevilha.

“Muitos cientistas argumentam que a cata de mariscos é um dos comportamentos que define os humanos modernos e, em certa medida, é uma vantagem adaptativa que permitiu que o Homo sapiens se expandisse”, afirmou Francisco Jiménez Espejo, membro do Conselho Superior de Pesquisas Científicas (CSIC).

“Mas esta pesquisa demonstra que, no mesmo momento, o Homo sapiens do sul da África e o Homo neanderthalensis estabelecido no sul da Península Ibérica, aproveitavam estes recursos”, ressaltou.

(Fonte: Portal iG)

//////////////////////////////////////////////////////////////

/////////////////////////////////////////////////////////////////////

 

Para outras informações relacionadas consulte ainda:

http://noticias-malacologicas-am.webnode.pt/pre-historia-malacologica/