O poder da Consciência -- Contribuição em destaque ...!

05-11-2011 07:36

 

O PODER DA CONSCIÊNCIA -- CONTRIBUIÇÃO EM DESTAQUE

 

PIMPÃO, D. M.

2010.

Caramujo-africano no Amazonas: "Megalobulimus fulica" ou "Pomacea fulica".

Informativo SBMa, Rio de Janeiro, 41(172): 13-14.

Disponível em:

http://sbmalacologia.com.br/wp-content/uploads/2011/08/Informativo-41-172-30_06_10.pdf

 

 

///////////

////

/

 

ALIANÇA PELA VIDA !

http://noticias-malacologicas-am.webnode.pt/news/vamos-todos-juntos-a-combater-/

http://projetocaramujoafricano.blogspot.com/2011/10/nesta-campanha-em-prol-da-preservacao.html

 

////////////////

/////////

////

/

 

DOS "ARQUIVOS HISTÓRICOS" DO FÓRUM PDPM 

1a ETAPA

 

Achatina fulica em SC - Notícias Certas & Erradas !!

03/02/2004

 

Caros colegas e amigos participantes do Fórum,

 

Bom dia !! ...

 

Não sempre acertada nas suas colocações, devido basicamente a falta de oportunos/necessários subsídios técnicos, continua ativa na mídia Catarinense a divulgação de informações gerais diversas sobre a presença invasora em vida livre, silvestre ou asselvajada do caracol/escargot exótico africano Achatina fulica na região da Grande Florianópolis - G.F. :

 

... por uma parte, recente matéria jornalística ( Anônimo 2004 ) aponta corretamente ( com foto ilustrativa, inclusive ) uma nova "proliferação estacional" da espécie exótica na localidade denominada "Rio Vermelho" setor Norte da Ilha de Santa Catarina ), ante a preocupação dos moradores, que além reclamam públicamente a falta de recolhimento dos moluscos pela Prefeitura Municipal, a diferença das ações empreendidas na mesma localidade no Verão passado ...

 

... pela outra, mais uma recente matéria jornalística ( Bertolini 2004 ) que, além de apontar erradamente, junto a "Coordenação da Vigilância Sanitária de Palhoça", dita espécie como "venenosa", adjudica sua identidade taxonômica ( com nítidas fotos ilustrativas inclusive ) a uma outra espécie de molusco que nada tem a ver ( nativos - Prosobranchia - de água doce do gênero Pomacea ), subitamente proliferados em terrenos baldios com água de chuva represada no "Bairro Jardim El Dorado" ( localizado no Município da Palhoça ), em conseqüência do tempo chuvoso das últimas semanas, alarmando a população local e deixando entrever um preocupante e claro "despreparo técnico" para o reconhecimento/ diferenciação das espécies por parte dos Agentes de Saúde regionais em campanha ( que apontam ainda o registro como "um fato isolado" ).

 

As conseqüências do último fato referido para a Malacofauna Autóctone Regional já podem-se prever sem não tomadas com tempo as devidas "previdências cabíveis".

 

Referências :

+ Anônimo. 2004. Caramujo africano se prolifera no Rio Vermelho. Florianópolis, SC : Jornal "A Notícia - AN Capital", Terça-feira 3 de Fevereiro de 2004, p. geral 4.

+ Bertolini, Jefferson. 2004. Invasão de caramujos/ Caramujos assustam moradores. Florianópolis, SC : Jornal "Diário Catarinense - DC", Terça-feira 3 de Fevereiro de 2004, pp. 27 e 40 ( Contracapa ).

 

O PDPM Editor.

 

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

 

Achatina fulica em SC - II - Notícias certas e erradas !!

08/02/2004

 

Caros colegas e amigos participantes do Fórum,

 

Boa tarde !! ...

 

Visando esclarecer os "fatos dúbios" recentemente registrados e apresentados em matéria jornalística ( Bertolini 2004 ), oportunamente transmitida/divulgada pela sua vez através deste veículo informativo, em data 4 de Fevereiro de 2004 uma comissão pesquisadora do nosso ... se trasladou até o "Bairro Jardim El Dorado", localizado no Município Palhoça da Grande Florianópolis - G.F., e constatou "in situ", com o auxilio/participação ativa dos moradores, o já previamente expresso por nós ao respeito da "identidade taxonômica" dos moluscos gastrópodes envolvidos, erroneamente adjudicada a espécie exótica africana Achatina fulica.

 

A seguir, um breve laudo com os resultados obtidos :

 

Localidade: Bairro "Jardim El Dorado", Rua Célio Weber, no. 87 ( nos fundos da casa do denunciante !! ... ), Município Palhoça, Mesorregião da Grande Florianópolis, Santa Catarina - SC.

Denunciante: Sr. João Vieira e família ( moradores do Bairro ) ...

Data: 04 Fevereiro de 2004.

Condição Ambiental: Terrenos abandonados e quintais particulares vizinhos "inundados" por vala/côrrego próximo, transbordado em conseqüência das chuvas torrenciais dos últimos dias.

Espécie Determinada: -Pomacea bridgesii ( Reeve, 1856 ) = amostragem aleatória de 34 exemplares ; observadas além numerosas posturas ( massas ovígeras brancas ) da espécie no local, depositadas em tábuas de madeira úmida ( veja fotos a seguir ) ...

Malacofauna Acompanhante: -Biomphalaria tenagophila ( Orbigny, 1835 ) = amostragem aleatória de 51 exemplares ... -Stenophysa (= Aplexa ) rivalis ( Maston & Rackett, 1898 ) = 8 exemplares coletados ... -Bradybaena similaris ( Férussac, 1821 ) = 2 exemplares coletados ( veja foto a seguir ) ...

Observações: -Prevalece uma malacofauna de ambiente aquático límnico no local pesquisado. -Não foram achados, de jeito nenhum, na localidade vistoriada exemplares da espécie Achatina fulica. -No transcurso da visita/vistoria técnica praticada foi improvisada entre os moradores breve "aula comparativo/didática malacológica", visando o futuro eventual reconhecimento da espécie exótica africana em relação às outras ocorrentes no local.

 

Entretanto, na mesma data 4 de Fevereiro de 2004 era publicado ( Anônimo 2004 ) o seguinte "editorial jornalístico de opinião" ( sic ) :

 

"... A identificação, em Palhoça, na Grande Florianópolis, de um foco significativo de caramujos africanos ( Achatina fulica ) nocivos à saúde humana coloca em alerta as autoridades de saúde pública ...".

 

Referências :

+ Anônimo. 2004. O inimigo à espreita. Florianópolis, SC : Jornal "Diário Catarinense - DC", Quarta-feira 4 de Fevereiro de 2004, p. 3 ( Opinião Editorial DC ).

+ Bertolini, Jefferson. 2004. Invasão de caramujos/Caramujos assustam moradores. Florianópolis, SC : Jornal "Diário Catarinense - DC", Terça-feira 3 de Fevereiro de 2004, pp. 27 e 40 ( Contracapa ).

 

Mais uma vez, e sem ânimos de conflito, fica o alerta sobre o "desnecessário alarme extremo à população" nestes casos, deixando entrever ainda um preocupante e claro "despreparo técnico" para o reconhecimento/ diferenciação das espécies por parte dos Agentes de Saúde regionais em campanha, sendo que as conseqüências deste último fato referido para a "Malacofauna Autóctone Regional" já se podem prever sem não tomadas com tempo as devidas "previdências cabíveis".

 

O PDPM Editor.