Resumo XXII EBRAM - Nordeste - Setembro 2011 ! ...

28-02-2011 07:35

 

Avulsos Malacológicos - AM - Florianópolis, Brazil

 

RESUMO APRESENTADO NO ÁMBITO DO "XXII ENCONTRO BRASILEIRO DE MALACOLOGIA - XXII EBRAM",

NORDESTE - SETEMBRO DE 2011 (*)

(*) http://noticias-malacologicas-am.webnode.pt/calendario-de-eventos/  

 

Referência Oficial

Disponível no "Livro de Programação" do evento:

http://xxiiebram.webnode.com.br/

///

+ AGUDO-PADRÓN, A.I.; LENHARD, P.; MARCON, L.; GOMES, J.A. & SILVEIRA, E.F. da. 2011. Catálogo dos Moluscos Continentais depositados no "Museu de Ciências Naturais" da Universidade Luterana do Brasil, ULBRA/ Canoas, RS. Fortaleza, Ceará - CE: Resumos XXII Encontro Brasileiro de Malacologia, Setembro 4 a 8 de 2011, p. 25, no. 060 - Coleção: 533. Disponível em: http://xxiiebram.webnode.com.br/news/livro%20de%20programa%c3%a7%c3%a3o/

 

Conteúdos

 

Uma relação da coleção científica de moluscos continentais depositados no acervo do Museu de Ciências Naturais da ULBRA/ Canoas - MCNU é apresentada, contabilizando até o mês de Maio de 2011 um total verificado e devidamente preservado de 405 espécimes (69 bivalves e 336 gastrópodes), representativos de 39 espécies, correspondentes a 14 formas dulciaquícolas (4 Gastropoda & 10 Bivalvia) distribuídas em 8 famílias e 10 gêneros, assim como 25 formas Gastropoda terrestres, pela sua vez distribuídas em 12 famílias e 19 gêneros (prévio a este esforço, constava nos anais do MCNU a existência de “cerca de 5.000 conchas diversas”, procedentes do litoral dos Estados do Rio Grande do Sul (RS) e Santa Catarina (SC), assim como alguns fósseis de gastrópodes e bivalves disponíveis no setor de Paleontologia do Museu, prevalecendo em geral um evidente sensível desconhecimento do acervo malacológico nele abrigado, além de uma total falta de organização, manutenção e incentivo para o seu estudo). Os espécimes assim catalogados tiveram como final procedência confirmada localidades geográficas específicas pertencentes à municípios dos Estados do Rio Grande do Sul - RS (com 64 lotes - 49 de Gastropoda & 15 de Bivalvia) e Santa Catarina - SC (com 11 lotes de Gastropoda). Cada espécie relacionada apresenta-se acompanhada pelas seguintes informações mínimas: no. de tombo/ lote MCNU, localidade de procedência, data de coleção, coletor(es), e no. de espécimes contidos no lote, assim como outras observações relevantes. Os 75 lotes que até o momento compõem dita coleção (35 em meio úmido/ álcool, envolvendo as partes moles de 79 Gastropoda & 2 Bivalvia, e 40 em meio seco - conchas de 27 Gastropoda & 13 Bivalvia) encontram-se relacionados em um arquivo digitalmente organizado em ordem taxonômica até o nível de espécie, registrados no catálogo geral por ordem de entrada na coleção, incluindo o registro inédito (material testemunho) das espécies Milax gagates (Draparnaud, 1801) e Milax valentianus Férussac, 1821, lesmas exóticas européias representantes da família MILACIDAE Ellis, 1926 cuja ocorrência no Brasil nunca antes tinha sido verificada, encontrando-se ditas informações ainda reforçadas por arquivo fotográfico específico e 33 relatórios técnicos regionais desovados.